11.7 C
Porto
Quinta-feira, Outubro 1, 2020
Inicio Startup Apoio ao Empreendedor Como implementar treinamento a distancia?

Como implementar treinamento a distancia?

Como implementar treinamento a distancia?

 

Treinamento a distância é uma prática que vem a ser adotada cada vez mais nas empresas. Com o avanço da tecnologia e a popularização da internet, novas formas de comunicação e relacionamento foram surgindo e com a educação corporativa não foi diferente.

Hoje, é possível conectar diversos colaboradores em diferentes partes do mundo focados em treinamentos corporativos.

Uma das vantagens de realizar um treinamento a distância ao invés de presencial, é a redução de custos. Gastos com aluguel de espaço, coffee break, locação de equipamentos, dentre outros, podem ser alocados em outros setores da empresa.

 

Além disso, muitos treinamentos que poderiam ter que ser refeitos para novos colaboradores, se realizados de forma virtual podem ser acedidos posteriormente. Claro, isso depende da plataforma que irá escolher, mas falaremos sobre isso nos próximos parágrafos.

 

Entenda as demandas da sua empresa e planeie

O primeiro passo para implementar treinamentos a distância em uma empresa é entender as demandas de educação corporativa que ela tem.

Entenda os gargalos técnicos e habilidades socioemocionais que precisam ser trabalhadas nos colaboradores. Procure saber se a cultura e a história da empresa estão bem difundidas internamente. Converse com os líderes de cada equipa para entender as necessidades de cada setor, investigando assim se os funcionários conseguem operar todos softwares e equipamentos, por exemplo. Pense quais as habilidades serão necessárias desenvolver internamente para que a empresa alcance as próximas metas. Além disso, não deixe de refletir maneiras de capacitar novos líderes.

Depois de entender as demandas internas, é hora de planejar as próximas etapas.

 

Planeie com 5W 2H

Para guiar o planeamento dessas ações vamos utilizar como base o 5W 2H que é uma ferramenta de origem japonesa usada para construir planos de ação.

5W 2H significa:

  • What (o que será feito?)
  • Why (por que será feito?)
  • Where (onde será feito?)
  • When (quando será feito?)
  • Who (quem irá fazer?)
  • How (como será feito?)
  • How much (quanto custará?)

 

Aplicação 5W 2H

A seguir, vou listar exemplos do que pode conter em cada tópico da tabela:

What: Liste as ações que serão realizadas em cada etapa. Por exemplo: planeamento de conteúdo, contratação de plataforma, gravação de vídeos, criação de apostilas virtuais, dentre outros.

Why: Se listou criação de conteúdo no item anterior, o seu “Why” pode ser “para alimentar a plataforma”. Já para contratação de plataforma o “Why” seria: para hospedagem de conteúdo/ gestão e assim por diante.

Where: Na coluna do “Where”, listará onde acontecerá cada etapa. Se for tudo feito no escritório, coloque o endereço do escritório. Se as gravações dos vídeos forem feitas em um estúdio, por exemplo, insira também essa informação.

When: A data de realização de cada tarefa é essencial para guiar o cronograma e fazer todas as entregas no prazo, preencha essa coluna com atenção. Lembre-se de não colocar prazos muito apertados para as suas demandas, assim será possível se reorganizar caso aconteça imprevistos.

Who: No “Who” deverá inserir o nome de cada membro da sua equipe ou fornecedores e parceiros que realizarão a atividade. Ao passo que, é importante que todos os envolvidos estejam cientes das suas tarefas.

How: O “como” é o momento de detalhar mais as suas atividades. Vamos à um exemplo: se o seu “What” foi “gravação de vídeos”. O “how” pode ser, por exemplo: “com a contratação de uma produtora”.

How much: O How much é o valor da tarefa descrita na primeira coluna. Isso pode ser bem variável, tudo depende do budget que a empresa tem para essa conduzir a implementação dos treinamentos a distância.

 

Conheça as plataformas para treinamento a distância

Para escolher plataformas de treinamento ead é fundamental avaliar o que ela pode oferecer, assim será possível explorar melhor as diversas possibilidades.

Por isso, separamos 4 tópicos que devem ser bem observados na hora de escolher uma plataforma.

Personalização

As plataformas que oferecem possibilidades de personalização podem ser bem mais vantajosas para o seu negócio. Busque uma ferramenta em que seja possível realizar adaptações de acordo com as suas necessidades, como oferecer trilhas de conteúdo, segmentação, bem como, ter compatibilidade com dispositivos móveis.

Além disso, confira quais os formatos de conteúdo suportados pela plataforma. A possibilidade de conteúdos interativos, vídeos e transmissão online contam pontos. Dessa forma é mais fácil prender a atenção dos colaboradores.

 

Estabilidade

Nada mais frustrante do que não conseguir absorver o assunto por conta de instabilidade na plataforma. Portanto, antes de escolher a ferramenta para gerenciar os treinamentos da sua empresa, certifique-se de que ela é capaz de comportar um número relevante de colaboradores conectados simultaneamente.

 

Segurança

Segurança é fundamental para uma plataforma de treinamento a distância. Já imaginou ter o seu conteúdo pirateado?

Isso é algo que ninguém quer, principalmente se já teve muito trabalho para gerar um conteúdo exclusivo, por isso, fique atento a segurança que a plataforma oferece.

Analytics

Já sabe o que é Analytics?

Quando falamos em plataforma de vídeos, o Analytics está relacionado a capacidade da plataforma em disponibilizar dados sobre o conteúdo que armazena/transmite.

Esses relatórios são fundamentais para mensurar a eficácia do treinamento a distância que a sua empresa está a promover. Quantidade de visualizações do vídeo, tempo de visualização, dentre outros, são dados importantes para o relatório de uma plataforma de educação ead.

 

Escolha os formatos e produza o conteúdo

Depois de escolher a plataforma é a hora de planejar os formatos de conteúdo.

Como leu no tópico anterior, procurar uma ferramenta que ofereça possibilidade de personalização vai ajudar muito na sua estratégia de implementação no momento de distribuir o conteúdo.

Já deve ter percebido que os conteúdos em vídeo estão em alta, não é à toa que as plataformas de streaming fazem tanto sucesso. Uma pesquisa feita com pessoas que possuem acesso à internet, mostrou que 74% delas consomem vídeos online.

Por isso, ao desenhar a estratégia de implementação leve em consideração que o conteúdo em vídeo veio para ficar, além de ser um formato mais dinâmico é também mais fácil de assimilação. Além de tudo, é interessante também que os seus vídeos possuem legendas.

Fora os conteúdos no formato de vídeo, é relevante que a plataforma possua também possibilidades de fazer upload de outros tipos de arquivos, assim os materiais complementares de treinamentos podem ser facilmente acedidos.

Usufrua também da alternativa de fazer transmissões ao vivo, elas engajam os colaboradores ainda mais. Se houver um chat, não deixe de interagir.

 

Escolha os formatos e produza o conteúdo

Depois entender as demandas da empresa, planear, procurar plataformas e escolher os formatos de conteúdo é o momento de avaliar!

Anteriormente, falei da importância de contratar uma plataforma que disponibilize relatórios, eles serão fundamentais para que se consiga mensurar a eficácia de um treinamento a distância.

A seguir, vou listar algumas métricas principais que deverá acompanhar:

Retenção de utilizadores

A retenção de utilizadores é calculada observando tempo médio que as pessoas estão a ver os seus vídeos. Para garantir uma boa retenção é fundamental elaborar um conteúdo que prenda atenção do início ao fim. Uma forma de fazer isso é com uma boa introdução, que desperte curiosidade e que o conteúdo vá se a revelar aos poucos no decorrer do vídeo.

 

Ranking de conteúdos

A sua avaliação deve observar também quais foram os conteúdos mais consumidos pelos usuários, isso vai ajudar perceber os assuntos que mais interessam os funcionários. Além disso, poderá observar os vídeos com poucos acessos e ter insights para otimizações e reformulações.

 

Informações demográficas

Se a sua empresa possui colaboradores em diversas regiões do país, esse métrica pode fornecer dados valiosos para repensar a sua estratégia. Ao analisar um relatório demográfico, avalie quais cidades estão a aceder mais vídeos e quais conteúdos consumidos por cada região.

Além de que, ao cruzar dados, pode perceber, por exemplo, que colaboradores de determinada cidade conseguiram uma performance melhor no mês, por acederem mais treinamentos a distância.

 

Avaliação aprovações e reprovações

Para mensurar o rendimento dos colaboradores, outra solução é analisar o percentual de funcionários que estão sendo aprovados ou reprovados nos treinamentos. Posto que, muitas reprovações podem significar que o conteúdo não está muito didático ou que precisa de adicionar materiais complementares, por exemplo.

Essas são algumas métricas que podem ser observadas para avaliar a eficácia dos treinamentos a distância da sua empresa. Além de tudo, você pode acrescentar novas formas de mensuração, que se contextualizam mais com o seu negócio.

A implementação de uma nova forma de treinamento pode otimizar os processos da sua empresa, cortar gastos e ainda engajar melhor os colaboradores.

 

 

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook e Instagram com especialistas em e-commerce.

Está pensando em criar uma loja Online? Entra em contacto com os nossos especialistas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Escreva o seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Facebook a plataforma menos confiável para os utilizadores

Facebook a plataforma menos confiável para os utilizadores   Atualmente várias marcas tem procurado uma âncora segura nas redes sociais para promoção dos seus serviços, muitas...

Desempenho do comércio eletrónico em Portugal

Desempenho do comércio eletrónico em Portugal   De acordo com um estudo realizado pela consultora Deloitte em colaboração com a Associação Portuguesa de Logística (APLOG) sobre...

76% dos portugueses têm acesso à Internet em 2020

76% dos portugueses têm acesso à Internet em 2020   O Bareme Internet de 2020, lançado pela Marktest, é um estudo de referência sobre a penetração...

Existe idade certa para empreender?

Existe idade certa para empreender?   A IDADE CERTA PARA EMPREENDER É SÓ UMA: AQUELA QUE tu DECiDEs! E a resposta é: não existe nada definitivo. Afinal,...

Recent Comments