11.7 C
Porto
Quinta-feira, Outubro 1, 2020
Inicio Startup Apoio ao Empreendedor Erros a evitar para teres uma página de contacto perfeita

Erros a evitar para teres uma página de contacto perfeita

Erros a evitar para teres uma página de contacto perfeita

 

Apesar de muitas vezes desprezada, não é difícil ter uma página de contacto perfeita no teu site. Mas precisas de lhe dedicar carinho e atenção.

Isto se o objetivo do teu site for facilitar o contacto de potenciais clientes (como deve ser).

Para que isso aconteça tens de evitar alguns erros comuns que costumamos encontrar na página de contacto de muitos sites. São problemas que resultam em irritantes obstáculos que colocas entre a tua empresa e os teus potenciais clientes.

 

Uma página de contacto perfeita tem diversas vantagens:

  • Ajuda as pessoas a entrar em contacto com a tua empresa (a principal e óbvia vantagem);
  • Resulta numa boa experiência dos utilizadores e evita, assim, que tenham uma má primeira impressão;
  • Fornece mais uns pontos positivos na optimização do site junto dos motores de busca, que adoram aqueles pedaços de informação útil.

 

Fazer uma boa página de contacto é simples. Basta seguir umas quantas regras de bom senso e impedir alguns erros básicos.

Quais são esses erros, como os evitar ou resolver, é o vamos ver já a seguir. No final estarás mais preparado para comunicar melhor e ajudar as pessoas a contactarem contigo para tirar dúvidas e comprar produtos ou serviços.

Começamos com o pior de todos os erros…

 

Não ter uma página de contacto

À partida parece daquelas coisas tão óbvias que ninguém irá cometer esse erro.

É uma asneira quase tão grave como acender um cigarro enquanto se abastece o carro de combustível.

Mas a verdade é que há quem o faça. Há muitos e muitos sites por essa internet fora sem página de contacto.

Às vezes devido a um simples lapso…

Sabemos que o site precisa de uma página de contacto. Temos toda a intenção de a criar mas deixamos sempre para o fim. Até que… acaba esquecida.

Noutros casos, como nos sites de estilo página única, o espaço para ‘Contactos’ acaba por ser substituído por outro elemento ou é tão pequeno que passa despercebido.

Num caso como no outro, a melhor forma de evitar cometer este lapso é criar a página necessária logo no início da criação do site.

Não ter uma página de contacto é o pior de todos os erros

 

Usar apenas um formulário

Quantas vezes não aterraste numa página de contacto de um site contendo apenas um formulário? Eu também.

Se a tua página de contacto contém apenas um formulário, não estás a ser amigável para com os utilizadores do teu site. Há quem não goste de preencher estes formulários, muito menos sem que haja um enquadramento.

Por vezes, o formulário é demasiado longo e desmotiva o seu preenchimento (em particular em equipamentos móveis).

É como se alguém chegasse às instalações de uma empresa, encontrasse a posta fechada e a única forma de comunicar fosse uma ranhura da caixa do correio.

O formulário de contacto deve estar na página, claro, mas tem de ser acompanhado por, pelo menos, um endereço de email e um número de telefone.

Quanto ao conteúdo do formulário: pede apenas os dados essenciais para iniciar uma conversa. Lembra-te que muitas pessoas vão visitar essa página em dispositivos móveis e detestam preencher diversos campos.

 

Erros a evitar para teres uma página de contacto perfeita
Erros a evitar para teres uma página de contacto perfeita

 

E se quiser usar o formulário para segmentar o público?

Usa apenas formulários complexos e com muitos campos se a tua preocupação for filtrar ao limite o número de contactos que desejas receber.

Imagina que a tua oferta é para um concerto intimista de 100 pessoas com uma das maiores bandas do mundo. Neste caso podes usar formulários longos e difíceis de preencher porque só os fãs mais dedicados irão chegar ao fim.

É este o teu caso? Não? Então não compliques a vida aos teus potenciais clientes.

 

Não usar um formulário

Este é um caso pior que usar apenas um formulário. Não ter um formulário na página de contacto é pior que ter um jardim sem flores.

Apresentar apenas um endereço de email não é suficiente.

Nesse caso, como fazem as pessoas que pretendem contactar-te através de um computador que não é o seu? Enviam um email através do correio electrónico de um amigo ou da empresa onde trabalham (sem que o possam fazer)? E aqueles que estão em dispositivos móveis e que nem sempre têm a aplicação de email ‘ali à mão’?

 

Esconder a página ou dar nomes criativos à página de contactos

Sendo uma das mais importantes páginas do site, a página de contacto tem de respeitar duas premissas:

  • ser útil
  • ser fácil de encontrar.

No entanto, muitas vezes esta é uma página que fica algures, escondida no meio de tantas outras coisas. Ou debaixo de um nome estranho, como ‘queres ser cliente?’ ou ‘vamos fazer negócios?’.

Para resolver este problema não precisas de muito esforço.

Chama-lhe ‘contactos’ e coloca a página como item do menu principal e no menu do rodapé.

Lembra-te que não há nada melhor que uma comunicação simples e clara.

 

Ter informação desactualizada e formulário que não funciona

Tal como as flores de um vaso precisam de ser regadas, também a página de contactos precisa de atenção regular.

Não chega olhar para ela de vez em quando. É preciso observar com detalhe e testar tudo:

  • Houve alguma mudança no número de telefone?
  • Há algum departamento a acrescentar ou retirar?
  • O email apresentado está a funcionar e a receber mensagens?
  • O formulário está a enviar as mensagens e a encaminhar correctamente para a página ‘obrigado’?

Coloca no calendário uma ‘verificação’ do conteúdo e funcionamento da página de contacto, com uma periodicidade quinzenal.

Não minimizes o impacto negativo de uma página que não funciona.

Imagina que estás no site de um potencial fornecedor de um serviço e ao usar a página de contacto verificas que algo não funciona. É provável que comeces a pensar se aquela empresa será a melhor escolha para ti.

Agora coloca-te no lugar de um potencial cliente que enfrenta o mesmo problema no teu site…

 

Não apresentar uma morada ou telefone…

A ausência de uma morada ou um número de telefone reduz a credibilidade e cria desconfiança por parte das pessoas.

Em muitos casos, sobretudo de empresas em nome individual ou profissionais liberais, é natural que as pessoas não desejem apresentar o endereço da sua residência particular. Nesse caso, podem usar um apartado ou optar por um serviço de domiciliação de correspondência.

… ou os horários de funcionamento

Se o teu negócio é um estabelecimento local, tens porta aberta ou horários de abertura e fecho, coloca-os na página de contactos.

Esta é uma informação que muitas pessoas procuram no site das empresas que pretendem visitar, eventualmente para comprar ou fazer negócio.

 

Ter ligações para redes sociais que não monitorizas

Além do formulário de contacto, do email, morada e número de telefone, podes ainda colocar as ligações para as tuas redes sociais.

Mas apenas e só se desejares que as pessoas entrem em contacto contigo desta forma e se monitorizares esses canais com regularidade diária.

Se os ícones das redes sociais estiverem naquela página apenas por divulgação (ou para dar cor), então não os coloques.

É essencial fornecer informação clara sobre o envio do formulário para evitar dúvidas.

 

Não ter confirmação clara de envio de formulário

Muitos sites usam um formulário que não devolve uma informação clara e evidente de que a mensagem foi enviada.

Os utilizadores preenchem os campos pedidos, escrevem a mensagem e carregam no botão, esperando obter uma indicação de que o seu pedido foi enviado.

Muitas vezes são remetidos para a mesma página e surge apenas uma informação breve, que desaparece em segundos, a agradecer o envio da mensagem.

Se depois de carregar no botão a pessoa desviar os olhos do ecrã por uns instantes não vai ver essa indicação e fica na dúvida sobre se efectivamente o formulário seguiu o seu caminho.

 

A solução passa por:

  • enviar o utilizador para uma página de agradecimento, contendo algo sobre quando deve esperar uma resposta;
  • apresentar no ecrã a confirmação de que a mensagem seguiu.

 

Não é complicado fazer isto.

 

Apresentar uma camada de ‘perguntas frequentes’ antes de mostrar os elementos de contacto

Este é um método adotado por algumas grandes empresas.

O potencial cliente procura a página de contacto e, quando lá chega, é-lhe oferecida uma sequência de ‘perguntas frequentes’ (FAQ) antes de poder ver e utilizar os meios de contacto.

A ideia é evitar alguns pedidos de esclarecimento desnecessários porque as respostas já estão no site. No entanto, esta opção acaba por colocar obstáculos às pessoas que efectivamente procuram saber algo que não está nas FAQ. Por um lado, perderam tempo a ler as FAQ em busca de uma informação que não está lá. Por outro, esta prática provoca um ambiente adverso no relacionamento entre as parte.

Algo que pode ser prejudicial se o propósito do contacto do utilizador for realizar uma reclamação.

Se a pergunta que a pessoa fizer estiver nas FAQ, tanto melhor. Basta responder ao pedido de contacto com um link para essa resposta.

 

Não responder aos pedidos de contacto

Apesar de não ser um problema da página de contacto, está relacionado com ela: é a ausência de resposta às perguntas ou pedidos recebidos. É meio caminho andado para perder o interesse ou a confiança das pessoas.

Conclusão do essencial para teres uma página de contacto perfeita

Qual é a motivação de quem chega a uma página de contacto? A resposta é óbvia: entrar em contacto. Estamos todos de acordo.

Aquilo que não sabes é como essa pessoa prefere entrar em contacto. Qual o seu método preferido ou aquele que lhe dá mais jeito no momento?

 

Daí a necessidade de ofereceres o maior número de possibilidades:

  • formulário;
  • email;
  • telefone;
  • redes sociais;
  • morada;
  • mapa (em negócios de porta aberta);
  • live chat, se tiveres essa funcionalidade.

 

Numa primeira instância, a tua missão é facilitar o contacto dos teus potenciais clientes.

Em segundo lugar, é responder sempre e em tempo útil.

Estes são alguns dos erros mais comuns (e graves). Conheces outros?

 

 

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook e Instagram especialistas em e-commerce.

Está pensando em criar uma loja Online? Entra em contacto com os nossos especialistas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Escreva o seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Facebook a plataforma menos confiável para os utilizadores

Facebook a plataforma menos confiável para os utilizadores   Atualmente várias marcas tem procurado uma âncora segura nas redes sociais para promoção dos seus serviços, muitas...

Desempenho do comércio eletrónico em Portugal

Desempenho do comércio eletrónico em Portugal   De acordo com um estudo realizado pela consultora Deloitte em colaboração com a Associação Portuguesa de Logística (APLOG) sobre...

76% dos portugueses têm acesso à Internet em 2020

76% dos portugueses têm acesso à Internet em 2020   O Bareme Internet de 2020, lançado pela Marktest, é um estudo de referência sobre a penetração...

Existe idade certa para empreender?

Existe idade certa para empreender?   A IDADE CERTA PARA EMPREENDER É SÓ UMA: AQUELA QUE tu DECiDEs! E a resposta é: não existe nada definitivo. Afinal,...

Recent Comments